Caixa Econômica apresenta critérios de seleção às famílias que buscam casa própria

Teve início ontem (05) e segue hoje (06), no centro cultural Arte e Encanto de Pato Bragado, o cronograma de reuniões com as famílias interessadas em ingressar em uma das 40 unidades habitacionais que serão construídas pela Caixa Econômica Federal, por intermédio do programa Minha Casa Minha Vida, em parceria com a administração municipal e Construtora Plena.

Em razão das medidas de precaução e proteção adotadas no município, diante da pandemia causada pelo coronavírus e considerando o grande número de famílias inscritas, a Secretaria de Assistência Social e Caixa Econômica estipularam diversos horários de reuniões, com escalas de 30 pessoas em cada, evitando aglomerações e seguindo todas as determinações impostas pelo Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus (Comitê CV-19).

Servidores da Assistência Social entraram em contato com as famílias inscritas, seja por telefone ou diretamente nas residências, informando os dias e horários.

Nas reuniões, técnicos da Caixa Econômica repassam os critérios para que as famílias possam ingressar nas modalidades de financiamento, bem como a relação de documentos necessários e que devem ser encaminhados até o dia 21 de maio, à unidade lotérica do município. O engenheiro responsável pela obra, Carlos Wild também apresenta os projetos das futuras moradias.

A seleção das famílias será realizada pela Caixa Econômica, com base na documentação apresentada.

As casas serão edificadas no Loteamento Social 3, ao lado das moradias que estão em processo de conclusão pela Itaipu Binacional, com apoio da Administração Municipal e Cohapar.  O município já investiu R$ 741.343,88 na execução de terraplanagem, sistema viário, sinalização, abastecimento e distribuição de água, drenagem, demarcação dos lotes, guias e sarjetas, ajardinamento e arborização. A iluminação pública está em fase de licitação.