Notícias

Ações em prol da vida norteiam movimento Setembro Amarelo em Pato Bragado

A Secretaria de Saúde de Pato Bragado está desenvolvendo o trabalho de prevenção ao suicídio e valorização da vida com os servidores públicos. A ação tem como propósito o movimento Setembro Amarelo e iniciou nessa semana, pelas psicólogas Vanessa Fernanda Schons Ripp e Karoline Marchiore que estão indo de encontro às Secretarias.

As profissionais afirmam que pelo movimento Setembro Amarelo atenção é reforçada para um problema que pode ser evitado e o olhar voltado aos servidores públicos, objetiva que em suas funções de prestadores de serviços à população, estejam atentos e cientes da problemática para que reconheçam em si, quando houver a necessidade de procurarem ajuda e também atuem como interlocutores da Secretaria, na precaução de problemas à comunidade.

Nesse sentido, durante os encontros com os servidores, Vanessa e Karoline estão apontando algumas formas de acolher a pessoa e prevenir o suicídio, como informar familiares e pessoas próximas, procurar apoio profissional e estimular a pessoa a buscar ajuda e não desistir.

Conforme as psicólogas, a prevenção do suicídio não se limita à rede de saúde, mas deve ir além dela, sendo necessário o apoio da sociedade para vencer as barreiras para a prevenção, que englobam uma série de fatores que se acumulam na história do indivíduo.

Para o prefeito Leomar Rohden, o Mano, as questões que envolvem o suicídio são muito complexas e nem sempre os familiares percebem que ao seu lado alguém não está bem, que precisa de ajuda. “Portanto, é fundamental que nossos servidores reconheçam a necessidade de ajuda, apoiem seus familiares e ao perceber algo na comunidade, contatem os serviços disponibilizados pela Secretaria, colaborando assim, para a detecção de um problema que pode ser enfrentado e solucionado”, reforça.

As profissionais prestam atendimento na Unidade de Atenção Primária à Saúde da Família (UAPSF). Os atendimentos são realizados mediante agendamento pelo número 3282-1770 ou pessoalmente.