Notícias

Com 148 casos confirmados de dengue, Pato Bragado decreta Estado de Epidemia

Diante da confirmação de 148 casos de dengue em Pato Bragado pela Secretaria Municipal de Saúde, o prefeito Leomar Rohden, o Mano decretou, no fim da tarde de ontem (17), Estado de Epidemia. Desde o início do ano, a circulação autóctone do vírus da dengue, tem causado o aumento do número de hospitalizações e casos graves da doença no município.

Não só em Pato Bragado, mas em muitos municípios da região e do Paraná por extensão, a dengue se alastra assustadoramente. 

De acordo com o prefeito pelas informações que constantemente são repassadas pela Secretaria, circula no município, a dengue sorotipo 1 e 2 (DENV-1) e (DENV-2), pode ocasionar tanto a forma clássica da doença, quanto a dengue hemorrágica.

O gestor informa que a administração está promovendo diversas medidas buscando informar a população da necessidade de colaborar no combate ao mosquito Aedes aegypti. “Além disso o setor de Endemias realizou, por várias vezes, a pulverização espacial com inseticida em toda cidade e com a participação dos servidores públicos foi realizado um grande arrastão de eliminação dos focos do mosquito Aedes aegypti”, completa.

O decreto autoriza a contratação de pessoal por tempo determinado, por intermédio de processo seletivo, terceirização dos serviços necessários ao  combate à dengue e o ingresso forçado em imóveis públicos e particulares em caso de situação de abandono ou ausência de pessoas que possam permitir o acesso de agentes de endemias e de saúde.

 

TIPO 1 e 2

Os sorotipos 1 e 2 se manifestam nos pacientes por meio de febre, dores musculares, cefaleia, artrite, náuseas, vômitos, dores nas costas e exantema (erupções cutâneas vermelhas).