Notícias

Produção de extratos de plantas medicinais de Pato Bragado é levada à conhecimento internacional

Desde a implantação da Unidade de Produção de Extratos (UPE) da Sustentec em 2010, na época pela gestão da prefeita Normilda Koehler e vice Luiz Alberto Rosinski, com apoio da Itaipu Binacional, a instituição que agrupa produtores e técnicos, criou várias soluções para a promoção do desenvolvimento sustentável na cadeia produtiva de plantas medicinais, com certificação pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

O potencial da associação que organiza a produção agrícola e realiza serviços industriais de extração, concentração e secagem para a obtenção de extratos adequados às especificações técnicas dos parceiros comerciais foi conferido na última sexta-feira (09) pelo prefeito Leomar Rohden, o Mano, vice-prefeito e secretário de Saúde, John Nodari, secretário de Indústria, Comércio, Turismo e Desenvolvimento Econômico, Volmir Wollmann, presidente da Câmara de Vereadores Ademir Kochenborger (Xaropinho) vereadores Dante Mundt e Simoni Tornquist, farmacêutica da Unidade Básica de Saúde, Claudete Specht Tiecker, ex-prefeita Normilda Koehler e a produtora Tercília Medin (Bimba).

 

PRODUTOS

O trabalho que a associação desenvolve foi apresentado às lideranças pelo presidente da Sustentec, Euclides Lara Cardozo Júnior. Ele revelou que desde o início das atividades em instalações cedidas pelo município, foram investidos por parte da associação, mais de R$ 1 milhão na ampliação e adequação da área física, além de implantação de caldeira e equipamentos de extração.

O presidente da Sustentec, apresentou, na sequência, às instalações e o funcionamento da produção que consiste em extratos secos padronizados de diversas espécies vegetais fornecidos por cerca de 200 produtores para fabricação de extratos a granel, utilizados pelas indústrias farmacêutica e alimentícia, entre elas o alecrim, chá de bugre, camomila, carqueja, chá verde, chá preto, erva-mate verde e tostada, espinheira-santa, hibisco, laranja amarga, passiflora, mirtilo, pitanga e unha-de-gato. Também são produzidos extratos fluídos padronizados de guaco, camomila, espinheira-santa, erva-mate, ipecacuanha, além de extratos oleosos de calêndula e camomila.

 

CONSOLIDAÇÃO NACIONAL E INTERNACIONAL

Os extratos produzidos pela Sustentec alcançaram o mercado nacional e internacional. Cardozo citou que o extrato de erva-mate é comercializado nos EUA e existem projetos internacionais para fornecimento de mais duas espécies medicinais com países da Europa. “Além destes mercados, a Sustentec está consolidando seu trabalho no mercado nacional com o fornecimento de extratos vegetais de uso alimentício e de uso farmacêutico, e também expandindo sua atuação para o fornecimento de extratos de uso veterinário”, concluiu o presidente.